O que é Recapitalização?

A recapitalização é basicamente a estratégia que uma empresa usa para melhorar sua estabilidade financeira ou revisar sua estrutura financeira. Para conseguir isso, a empresa deve alterar sua relação dívida/patrimônio. Isso é feito adicionando mais dívida ou mais patrimônio ao seu capital.

Há muitas razões pelas quais uma empresa pode considerar sofrer recapitalização, incluindo:

  • Quando os preços das ações caem;
  • Para se proteger contra uma tentativa de aquisição hostil;
  • Reduzir obrigações financeiras e minimizar impostos;
  • Para fornecer aos capitalistas de risco uma estratégia de saída;
  • Falência.

Quando a dívida de uma empresa diminui proporcionalmente ao seu patrimônio, ela tem menor alavancagem. Seu lucro por ação deve diminuir após a alteração. Mas suas ações seriam cada vez menos arriscadas, uma vez que a empresa possui menos obrigações de dívida, o que exige pagamentos de juros e retorno do principal no vencimento. Sem os requisitos de dívida, a empresa pode devolver mais de seus lucros e dinheiro aos acionistas.

Razões para considerar a Recapitalização

Existem várias razões que motivam uma empresa a recapitalizar incluindo estratégia para se defender de uma aquisição hostil. A administração da empresa-alvo pode decidir emitir mais dívida para torná-la menos atraente para o potencial adquirente.

Outro motivo pode ser reduzir suas obrigações financeiras. Níveis mais altos de dívida em comparação com o patrimônio líquido significam pagamentos de juros mais altos. Ao negociar dívida por patrimônio, a empresa pode reduzir o nível da dívida e, portanto, o montante de juros que paga aos seus credores. Isso, por sua vez, melhora o bem-estar financeiro geral da empresa.

Além disso, é uma estratégia viável para ajudar a impedir que os preços das ações caiam. Se uma empresa descobrir que o valor de suas ações está em declínio, pode decidir trocar o patrimônio por dívida para aumentar o preço das ações.

Algumas empresas também podem usar a recapitalização como forma de minimizar seus pagamentos de impostos, implementar uma estratégia de saída para capitalistas de risco ou se reorganizar durante uma falência. As empresas costumam usar isso como uma maneira de diversificar sua relação dívida/patrimônio para melhorar a liquidez.

  • Recapitalização é a reestruturação da relação de dívida e patrimônio de uma empresa;
  • O objetivo da recapitalização é estabilizar a estrutura de capital da empresa;
  • Algumas das razões pelas quais uma empresa pode considerar a recapitalização incluem uma queda nos preços das ações, defesa contra uma aquisição hostil ou falência.

Tipos de Recapitalização

As empresas podem trocar dívidas por ações ou vice-versa por vários motivos. Um bom exemplo de patrimônio substituindo dívida na estrutura de capital é quando uma empresa emite ações para recomprar títulos de dívida, aumentando sua proporção de capital em comparação com seu capital de dívida. Isso aumenta sua proporção de capital em comparação com seu capital de dívida. Isso é chamado de recapitalização do patrimônio.

Os investidores em dívidas exigem pagamentos rotineiros e um retorno do principal no vencimento, portanto, uma troca de dívida por capital ajuda a empresa a manter seu caixa e usar o dinheiro gerado pelas operações para fins comerciais, reinvestimento ou retorno de capital para os acionistas.

Por outro lado, uma empresa pode emitir dívida e usar o dinheiro para recomprar ações e/ou emitir dividendos, efetivamente recapitalizando a empresa, aumentando a proporção de dívida na estrutura de capital. Outro benefício de assumir mais dívidas é que os pagamentos de juros são dedutíveis de impostos, enquanto os dividendos não. Ao pagar juros sobre títulos de dívida, uma empresa pode diminuir sua fatura fiscal e aumentar a quantidade de capital retornado no total aos investidores em dívida e em ações.

Deixe um comentário