O que é Renda Per Capita?

Per capita significa a média por pessoa e é frequentemente usado no lugar de por pessoa em observâncias estatísticas. A frase é usada com dados econômicos ou relatórios, mas também é aplicada a quase qualquer outra ocorrência de descrição da população.

Aplicação de Renda Per Capita

Para indicadores econômicos nacionais, como produto interno bruto (PIB) o número total é interessante. No entanto, a base per capita fornecerá ao analista informações mais granulares. Determinar a per capita de qualquer número é um cálculo relativamente simples, em que o total do número referenciado é dividido pelo número de pessoas envolvidas.

O PIB do Brasil em 2018 foi de R$ 6,8 trilhões, com uma população de aproximadamente 208.494 milhões. Isso gera uma renda per capita de cerca de R$ 32.747,00.

As medidas per capita refletem o estado relativo da população de um país. Por exemplo, a China é agora a segunda maior economia com um PIB de 16,6 trilhões de dólares em 2017 – cerca de 40% menor que os Estados Unidos. No entanto, a China tem muito mais pessoas que os Estados Unidos e, portanto, o PIB per capita da China foi de apenas 16.600 dólares. Assim, o uso do PIB per capita mostra que a maioria dos cidadãos chineses ainda está ganhando muito menos do que o americano médio, apesar da produção agregada do país. O PIB per capita expressa a renda média de todos os cidadãos de um país ou região. Portanto, pode ser um número enganoso, pois inclui todos, desde bebês a idosos, e deixa de responder por valores extremos estatísticos.

A diferença entre renda per capita e mediana

Em contraste com as medidas per capita, os números médios, como os da renda, fornecem uma imagem sem dúvida mais precisa de quanto os residentes de um país ou área em particular provavelmente ganharão. Renda mediana é o nível de renda no meio de uma lista de receitas. Exatamente metade das pessoas consideradas ganha acima da mediana, enquanto a outra metade ganha abaixo desse número. A renda média real das famílias nos Estados Unidos em 2017 foi de US$ 61.372, enquanto a renda per capita do PIB foi de US$ 53.129.

Exemplo do mundo real

Dan Kopf, repórter do Quartz, expressa em um artigo sua frustração de que o Banco Mundial enfatize o PIB sobre o PIB per capita, o que, segundo Kopf, prioriza os países à frente das pessoas. A verdade é que o Banco Mundial emite dados sobre o PIB total e o PIB per capita, mas a denúncia de Kopf ilustra como cada estatística pode fornecer uma perspectiva conflitante sobre o estado econômico de um país e a riqueza de seu povo.

O argumento de Kopf é que o crescimento econômico agregado de um país, ou seu PIB total, não é o que importa quando a preocupação é o nível de pobreza das pessoas em um país. Segundo Kopf, “reportar que o PIB mundial cresceu 3% em 2018 ignora o fato de que a população mundial está crescendo 1,2% a cada ano”.

Para países onde a população não está aumentando rapidamente, a diferença entre o crescimento do PIB per capita e o crescimento total do PIB é mínima. No entanto, para países com populações que crescem rapidamente, como na África e no sul da Ásia, relatar o crescimento do PIB pode ser altamente enganador, porque um país pode mostrar o crescimento do PIB em geral, mas um declínio no crescimento per capita. Kopf usa o Afeganistão como exemplo. A economia do país cresceu 2,2% no geral, mas caiu 0,5% em uma base per capita.

Deixe um comentário