Margem de Lucro

Margem de Lucro Bruto, Operacional e Líquido: Qual é a diferença?

Margem de lucro bruto, margem de lucro operacional e margem de lucro líquido são as três principais medidas de análise de margem que são usadas para analisar as atividades de demonstração de resultados de uma empresa.

Cada margem individualmente oferece uma perspectiva muito diferente sobre a eficiência operacional da empresa. De forma abrangente, as três margens juntas podem fornecer informações sobre os pontos fortes e fracos operacionais de uma empresa (Análise SWOT). As margens também são úteis para fazer comparações entre concorrentes e identificar tendências de crescimento e perda em relação a períodos anteriores.

Margem de Lucro Bruto

A margem de lucro bruto analisa a relação entre a receita bruta de vendas e os custos diretos das vendas. Essa comparação forma a primeira seção da demonstração do resultado. As empresas terão diferentes tipos de custos diretos, dependendo de seus negócios. As empresas envolvidas na produção e fabricação de mercadorias usarão a medida do custo das mercadorias vendidas, enquanto as empresas de serviços podem ter uma notação mais generalizada.

No geral, a margem de lucro bruto procura identificar com que eficiência uma empresa está produzindo seu produto. O cálculo da margem de lucro bruto é o lucro bruto dividido pela receita total e multiplicado por 100.

  • MB = Margem Bruta;
  • LB = Lucro Bruto (obtido depois da retirada dos custos diretos dos produtos);
  • RT Receita Total.

MB = (LB / RT) x 100

Margem de Lucro Operacional

A eficiência operacional forma a segunda seção da demonstração de resultados de uma empresa e se concentra nos custos indiretos. As empresas têm uma ampla gama de custos indiretos que também influenciam nos resultados. Alguns custos indiretos comumente relatados incluem pesquisa e desenvolvimento; despesas com campanhas de marketing; despesas gerais e administrativas; e depreciação e amortização.

A margem de lucro operacional examina os efeitos desses custos. O lucro operacional é obtido subtraindo as despesas operacionais do lucro bruto.

  • LO = Lucro Operacional
  • DO = Despesas Operacionais
  • LB = Lucro bruto

LO = DO – LB

A margem de lucro operacional é então calculada dividindo o lucro operacional pela receita total e multiplicado por 100.

  • MO = Margem Lucro Operacional
  • LO = Lucro Operacional
  • RT = Receita Total

MO = (LO / RT) x 100

O lucro operacional mostra a capacidade da empresa de gerenciar seus custos indiretos. Portanto, esta seção da demonstração de resultados informa como uma empresa está investindo em áreas que espera ajudar a melhorar sua marca e o crescimento dos negócios por meio de vários canais. Uma empresa pode ter uma margem de lucro bruto alta, mas uma margem de lucro operacional relativamente baixa se suas despesas indiretas para itens como marketing ou alocações de investimento de capital forem altas.

Margem de Lucro Líquido

Margem de lucro líquido é a terceira e última métrica da margem de lucro usada na análise de resultados. É calculado analisando a última seção da demonstração do resultado e o lucro líquido de uma empresa após contabilizar todas as despesas.

A margem de lucro líquido leva em consideração os juros e impostos pagos por uma empresa. O lucro líquido é calculado subtraindo juros e impostos do lucro operacional – também conhecido como lucro antes de juros e impostos. A margem de lucro líquido é então calculada dividindo o lucro líquido sobre a receita total.

  • ML = Margem de Lucro Líquido
  • LL = Lucro Líquido
  • RT = Receita Total

ML = (LL / RT) x 100

O lucro líquido destaca a capacidade de uma empresa de gerenciar seus pagamentos de juros e impostos.

Como avaliar os resultados?

A margem de lucro líquido de uma empresa mostra como a empresa está gerenciando todas as despesas associadas ao negócio. Na demonstração do resultado, as despesas são normalmente divididas em diretas, indiretas, juros e impostos. As empresas buscam gerenciar as despesas em cada uma dessas três áreas individualmente.

Ao analisar como as margens de lucro bruto, operacional e líquido se comparam, os analistas do setor podem obter uma imagem clara dos pontos fortes e fracos da empresa.

Os fatores de mercado e de negócios podem afetar cada uma das três margens de maneira diferente. Sistematicamente, se as despesas de vendas diretas aumentarem em todo o mercado, a empresa terá uma margem de lucro bruto menor que reflete os custos mais altos de vendas.

As empresas podem passar por diferentes ciclos de crescimento que levam a maiores despesas operacionais e de juros. Uma empresa pode estar investindo mais em campanhas de marketing ou investimentos de capital que aumentam os custos operacionais por um período que pode diminuir a margem de lucro operacional. As empresas também podem levantar capital por meio de dívida, o que pode diminuir sua margem de lucro líquido quando os pagamentos de juros aumentam.

A compreensão dessas diferentes variáveis ​​e seus efeitos na análise de margem pode ser importante para os investidores quando analisam o valor do investimento corporativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *