ADM Fácil

Just in Time (JIT): O que é?

Just in Time - JIT

Just In Time ou JIT é um sistema muito utilizado na administração de produção. Tem o objetivo de produzir a quantidade necessária com alta qualidade, sendo que nada deve ser produzido, comprado ou transportado antes da hora certa e ao mesmo tempo precisa ser feito de forma rápida para que a produção e a entrega sejam realizadas no tempo desejado.

Muito utilizado pelas organizações, pois auxilia na redução de estoque e também nos custos gerados devido a erros na quantidade produzida. Com este sistema, os produtos apenas são fabricados ou entregues na hora em que devem ser montados ou vendidos, não há estoque parado.

O que contribui muito para que este sistema funcione com eficiência é trabalhar com quantidade reduzida de fornecedores, porém a relação entre cliente e fornecedor deve ser de muita confiança pois precisam ser capazes de garantir os prazos e a qualidade, qualquer falha pode parar a produção.

Uma característica importante é que o Just In Time trabalha com a produção “puxada”, ou seja, o material é solicitado apenas se houver necessidade de utilização, isso influencia na redução de desperdício, pois o sistema questiona as características do processo.

Just In Time e Kanban

Como visto no artigo sobre Kanban, ele é um método que trabalha com a marcação dos processos e etapas do trabalho, através de cartões e contêineres, e assim controla o estoque e a produção de forma visual. Já o Just In Time trabalha com técnicas de administração que auxilia na produção, nos materiais, na qualidade e na administração do trabalho produtivo.

No sistema Just In Time é fundamental a utilização do sistema Kanban, por oferecer visão e interpretação sistêmica da produção e a movimentação das peças.

O ideal é unir os dois sistemas de trabalho para conseguir eficácia na produção.

Objetivos do Just In Time

A utilização do sistema Just In Time tem por objetivo eliminar o excesso de estoque e o desperdício e com isso acabar com os custos derivados da falta de organização. Este processo exige que a gestão padronize os processos e desenvolva políticas para tornar a empresa competitiva.

O controle de qualidade é responsabilidade de todos os envolvidos no processo e é feito em todas as etapas de produção, por este motivo exige qualificação dos trabalhadores, pois precisam estar prontos para identificar defeitos e falhas. Além de precisarem ter autonomia no momento em que for necessário tomar decisões para a correção de problemas.

O sistema Just In Time segue quatro regras básicas:

  1. Os trabalhadores devem seguir a sequência e o tempo para obter o resultado esperado;
  2. A relação cliente-fornecedor deve ser direta no envio de pedidos e no recebimento de respostas;
  3. O fluxo de trabalho deve ser simples e direto;
  4. As melhorias devem ser feitas seguindo orientação de um coordenador.

Um exemplo de empresa que trabalha com o sistema Just In Time é a Dell, a empresa só fabrica computadores que foram encomendados através do site da empresa ou através de compras corporativas. Com base neste sistema, a Dell fabrica o produto em no máximo 3 dias, em seguida o produto é enviado para transporte.

Vantagens em se trabalhar com o Just In Time

  • Agilidade na produção;
  • Redução de custos com estoque;
  • Redução de espaço utilizado para estoques;
  • Redução de perdas por deterioração ou furtos devido trabalhar com estoque reduzido;
  • Resolução rápidas de problemas, pois como trabalha com estoque reduzido é mais fácil para identificar os problemas;
  • Maior qualidade dos produtos;
  • Melhor retorno do mercado;
  • Mais responsabilidade dos envolvidos no processo.

Desvantagens em se trabalhar com o Just In Time

  • Só deve ser trabalhado com produtos que tenham demanda previsível, caso haja pouca estabilidade ou oscilação na produção o sistema se torna ineficaz;
  • Trabalhar com número reduzido de fornecedores é visto como um ponto positivo, porém caso não haja muita responsabilidade por parte dos fornecedores pode prejudicar a produção.

Implantação do Just In Time

Para implantar o sistema Just In Time na empresa é preciso que haja muito comprometimento da gestão em reavaliar todo o processo de produção. Verificar em quais áreas de produção será implantado e implantar também o Sistema Kanban para contribuir na utilização do Just In Time. Diminuir ao máximo à resistência dos funcionários, realizando treinamentos e aumentando a capacidade e desempenho, além de facilitar a comunicação entre todos os setores de trabalho.

Será preciso fazer um estudo para verificar quais áreas precisarão receber investimento financeiro para melhorar os processos de trabalho e garantir que o controle de qualidade seja eficiente.

Geralmente as empresas utilizam softwares que ajudam no controle e planejamento para cada período de tempo que será utilizado na linha de produção.

É fundamental estabelecer metas e procedimentos para avaliar o desempenho da equipe na produção dos produtos.

Abaixo é possível verificar o passo a passo para implementar o sistema Just In Time:

  • Para começar os responsáveis pela empresa precisam repensar todo o processo de produção e criar um processo que atenda aos pedidos dos clientes sem atrasos;
  • A empresa deve treinar toda a equipe para que todos possam se habituar à nova forma de trabalho;
  • Alinhar os novos processos com os fornecedores para que as entregas sejam realizadas no tempo certo;
  • A organização da empresa deverá ser planejada pois a produção deixará de ser em função das projeções de vendas e passa a ser baseada nas encomendas.

Com o uso do sistema Just In Time é possível reorganizar a produção, eliminando o desperdício e melhorando o processo produtivo e assim melhorar a competição no mercado, pois aumenta a velocidade de fabricação, a qualidade e o preço dos produtos.

Este artigo te ajudou? Esperamos que sim! Compartilhe isso para o mundo: Ficaremos extremamente agradecidos! 👍👍👍

Enviar comentário

Curta nossa página no Facebook