A História da Rede de Restaurantes Fast Food McDonald’s

O primeiro restaurante McDonald’s foi inaugurado em 1948 pelos irmãos Maurice (“Mac”) e Richard McDonald em San Bernardino, Califórnia.

Após a inauguração, eles compraram do vendedor Ray Kroc, eletrodomésticos para seu pequeno restaurante de hambúrgueres, Kroc ficou intrigado com a necessidade dos irmãos em adquirir oito misturadores de malte e agitadores.

Ray Kroc: Um visionário

Em 1954, Kroc visitou os irmãos para entender como uma pequena loja podia vender tantos milk-shakes, e descobriu um formato simples e eficiente que permitia aos irmãos a produção em grandes quantidades de comida a preços baixos. Um hambúrguer básico custava 15 centavos de dólar, cerca da metade do preço cobrado pelos restaurantes concorrentes. O balcão de auto atendimento acabou com a necessidade de contratar garçons. Os clientes recebiam os pedidos rapidamente porque os os ingredientes eram cozidos antes de serem comercializados, embrulhados e aquecidos sob lâmpadas de calor.

Ray Kroc em frente a uma das lojas do McDonald's
Ray Kroc em frente a uma das lojas do McDonald’s

Ao perceber a capacidade de crescimento do negócio, Kroc se ofereceu para iniciar um programa de franquia para os irmãos McDonald. Em abril de 1955, abriram a primeira franquia do McDonald’s em Illinois, e no mesmo ano lançou a McDonald’s Corporation. Kroc comprou o empreendimento dos irmãos McDonald em 1961.

O número de lojas McDonald’s chegaria a 1.000 antes do final da década. Impulsionadas pelo crescimento constante, as ações da empresa começaram a ser negociadas publicamente em 1965.

O símbolo do arco duplo se tornou o logotipo mais duradouro do McDonald’s, durando mais tempo que os altos arcos amarelos que haviam dominado o antigo telhados do restaurante. A imagem de um palhaço chamado Ronald McDonald, foi criada em 1963. Em 1968 foi criado o Bic Mac, que se tornou o lanche mais popular de Rede. Outros produtos e símbolos definiriam a marca McDonald’s, incluindo o Egg McMuffin (1973), Happy Meals – aqui no Brasil comercializado como Mc Lanche Feliz (1979) e Chicken McNuggets (1983).

A expansão e a chegada do sucesso

A rede continuou a expandir nacional e internacionalmente, estendendo-se para o Canadá em 1967, atingindo um total de 10.000 restaurantes em 1988 e operando mais de 35.000 pontos de venda em mais de 100 países no início do século XXI. O crescimento foi tão rápido nos anos 90 que se dizia que um novo McDonald’s era aberto em algum lugar do mundo a cada cinco horas. Tornou-se efetivamente o restaurante familiar mais popular, enfatizando comida, diversão e sabores acessíveis, que agradavam a crianças e adultos.

Exemplo de fachada de loja do McDonald's
Fachada de restaurante do McDonald’s

O sucesso do McDonald’s trouxe críticas crescentes, muitas das quais diziam respeito à associação percebida com um aumento global da obesidade. O McDonald’s respondeu adicionando itens saudáveis ao seu menu e, em 2017, começou a testar um hambúrguer vegano. Durante esse período, também eliminou porções super dimensionadas, e seus restaurantes nos EUA e no Canadá pararam de usar óleo de gordura trans em vários itens. Tais medidas, não conseguiram conter as preocupações com a saúde. Além disso, como um dos maiores empregadores privados do mundo, o McDonald’s enfrentou inúmeras críticas para aumentar os salários dos colaboradores. O termo McJob foi criado para referenciar o trabalho mal remunerado da Rede.

No final do século 20, o McDonald’s foi além do negócio de hambúrgueres adquirindo a Chipotle Mexican Grill (1998), Donatos Pizza (1999) e Boston Market (2000), porém, no final do ano de 2008, a McDonald’s não possuia mais a participação em nenhuma dessas empresas, concentrando seu negócio em sua própria marca.

Menu de lanches do McDonald's
Menu de lanches do McDonald’s

A Rede McDonald’s trabalhava ativamente ajudando pessoas mais carentes. Em 1974,  se juntou ao jogador de futebol, Fred Hill, cuja filha tinha sido diagnosticada com leucemia, e fundou a Casa Ronald McDonald na Filadélfia. A residência permitia que as famílias morassem perto do hospital onde seus filhos estavam recebendo tratamento. No início do século 21, mais de 360 ​​dessas casas existiam em todo o mundo.  Todo ano, a Rede faz uma campanha onde a renda com as vendas do Mc Lanche Feliz são revertidas para alguma instituição de caridade.

Deixe um comentário