ADM Fácil

Cool Hunter – O caçador de tendências

CoolHunter

O coolhunter, ou Caçador de Tendências, (este termo surgiu da junção das palavras cool e hunter que significam “descolado” e “caçador”), virou uma profissão nos últimos anos. Este profissional é especialista em identificar o que há de promissor em alguns meios e contribuir para que empresas se beneficiem deste diferencial antes que isto seja percebido pela concorrência. Este método de “caçar tendências” não é novo, porém apenas recentemente as empresas vem investindo em profissionais especializados na área.

As áreas que têm contratado mais profissionais especializados em Coolhunting (cool + hunting, que significa caçando tendência), são os setores de moda, mas a tendência é que estes profissionais sejam cada vez mais procurados por diferentes áreas de atuação.

O Coolhunting vem mudando as pesquisas de mercado, até então, a pesquisa mais conhecida era referente aos 4 Ps do Marketing – Price, Placement, Product e Promotion (Preço, Praça, Produto e Promoção), com a popularização do Coolhunter os 4 Ps foram relacionados a People, Places, Plans e Projects (pessoas, lugares, planos culturais e projetos). Isso significa que o profissional primeiramente observa o comportamento humano, em seguida os lugares, a cultura do local onde o produto será comercializado e por fim são observados os produtos (projetos) que vão causar impacto no local.

O Coolhunter é especializado em observar e analisar tanto a área mercadológica quanto a área humana e sociológica, com a finalidade de antecipar as novidades aos consumidores.

“As ideias, sonhos, desejos e motivações se modificam com o tempo e o Coolhunter precisa estar atento a essas mudanças”

No cenário dinâmico em que vivemos, é essencial que os profissionais sejam inovadores e consigam “prever” os próximos passos da concorrência. Pensando nisso, que foram criados os cursos de Coolhunting, visando atender o interesse emergente das empresas e entender como pode ser realizada uma previsão das necessidades dos consumidores para o futuro, ou seja, o Coolhunter tem a função de “caçar” aquilo que vai virar uma “febre” no mercado.

O Coolhunter é o profissional que observa de forma ampla o que está acontecendo no mercado e os novos comportamentos dos consumidores de uma determinada região.

Como o coolhunting e a análise de tendências pode ajudar sua empresa a inovar?

Perfil do CoolHunter

O profissional que deseja trabalhar nesta área deve ser uma pessoa com curiosidade estratégica, antenada nas redes sociais, observadora, intuitiva e com muita capacidade de comunicação. Para uma carreira promissora, é preciso enxergar além, e isso se faz através de muito estudo e conhecimento de mercado. O profissional deve ser questionador, sempre procurar saber o porquê dos acontecimentos no mercado.

Para obter esses conhecimentos é necessário estar atento ao cenário atual e também ao que já aconteceu, para assim, ter base para a tomada decisão dentro da organização. Este profissional não é um pesquisador que busca a opinião do consumidor através de uma pesquisa específica, ele observa o comportamento do consumidor para fazer previsões e tomar decisões estratégicas.

O Coolhunter trabalha nas mais variadas áreas: propaganda, marketing, jornalismo, design, moda, gastronomia, música e psicologia. Procura por novidades e busca conhecer os hábitos dos consumidores. O trabalho deste profissional está ligado a muitas viagens, pois precisa observar o mercado, as pessoas, os lugares e tudo aquilo que faz com que as pessoas busquem um determinado produto ou serviço.

CoolHunter nas Empresas

As empresas que mais empregam um Coolhunter são as chamadas de Coolhunting Firms e In-house, vamos ver um pouco sobre cada uma delas:

Coolhunting Firm  É uma agência de marketing onde os trabalhos são direcionados a pesquisas. Essa agência colhe informações, faz relatórios baseados nestas informações e realiza uma previsão com base no que foi apurado. Este tipo de pesquisa pode ser comprado por qualquer empresa que tenha a intenção de “chegar na frente” dos concorrentes, apresentando novos produtos ou serviços.


In-house  Neste caso, não são contratadas empresas para fazer as pesquisas e sim a própria empresa cria um setor interno para trabalhar com essa finalidade. A vantagem de trabalhar desta forma é que os dados coletados pertencem apenas à empresa, não sendo usado por outros concorrentes diretos ou indiretos.

No Brasil, ainda são poucas as empresas que utilizam este serviço, mas o mercado tem crescido e a tendência é que esta profissão se torne popular. Hoje a maior parte das contratações deste serviço ainda se dá através de Coolhunting Firm. A expectativa é que com o mercado cada vez mais capacitado, as empresas comecem a perceber a necessidade de ter um profissional qualificado trabalhando nesta área.

Onde fazer o Curso de CoolHunting?

ESPM –  Cool Hunting: Pesquisa e Análise de Tendências, carga horária de 16 horas, ministrado em Porto Alegre, RS.

FAAP – Coolhunting de Macro Tendências, curso com duração de 32 horas, ministrado em São Paulo, SP.

SENAC-SP – Coolhunting: Reconhecimento de Padrões e Estratégias, curso com carga horária de 102 horas.

SENAC-RJ – Coolhunting:  e Comportamento de Consumo – Workshop, carga horária de 12 horas.

PUC-PR – É a única instituição no país que oferece curso de especialização (pós-graduação), com carga horária de 376 horas, ministrado em Curitiba, PR.

Belas Artes – Coolhunting: Pesquisa de Tendências, curso oferecido nas cidades de São Paulo e Sorocaba, SP.

Santa Marcelina – Coolhunting e Gestão de Tendências, curso com duração de 48 horas, ministrado em São Paulo, SP

O Coolhunting ainda é pouco discutido no Brasil, mas com as rápidas mudanças mundiais, as empresas que não se adequarem ao mercado ficarão atrasadas em relação aos seus concorrentes. Portanto, é importante sempre se perguntar: O mundo está se transformando e eu estou aproveitando as oportunidades que estão surgindo?

Leitura recomendada

Este artigo te ajudou? Esperamos que sim! Compartilhe isso para o mundo: Ficaremos extremamente agradecidos! 👍👍👍

Enviar comentário

Curta nossa página no Facebook