O que faz um Auditor? Funções e Qualificações

Auditor é uma pessoa autorizada a revisar e verificar a precisão dos registros financeiros e garantir que as empresas cumpram as leis tributárias. Eles protegem as empresas contra fraudes, apontam discrepâncias nos métodos contábeis e, ocasionalmente, trabalham com consultoria, ajudando as organizações a encontrar maneiras de aumentar a eficiência operacional.

Quais as funções dos Auditores?

Os auditores avaliam as operações financeiras e garantem que as organizações sejam executadas com eficiência. Eles têm a tarefa de rastrear o fluxo de caixa do começo ao fim e verificar se os fundos de uma organização estão devidamente contabilizados.

No caso de empresas públicas, o principal dever de um auditor é determinar se as demonstrações financeiras seguem os princípios contábeis geralmente aceitos (GAAP). Para atender a esse requisito, os auditores inspecionam dados contábeis, registros financeiros e aspectos operacionais de uma empresa e tomam notas detalhadas sobre cada etapa do processo, conhecida como trilha de auditoria.

Auditoria

Uma vez finalizadas, as conclusões do auditor são apresentadas em um relatório que aparece como um prefácio nas demonstrações financeiras. Relatórios privados e separados também podem ser emitidos para as autoridades reguladoras e de gerenciamento da empresa.

Tipos de Auditores

  • Os auditores internos são contratados pelas organizações para fornecer avaliações internas, independentes e objetivas das atividades de negócios financeiras e operacionais, incluindo governança corporativa. Eles relatam suas descobertas, incluindo dicas sobre como administrar melhor os negócios.
  • Auditores externos geralmente trabalham em conjunto com agências governamentais. Eles têm a tarefa de fornecer uma opinião pública objetiva sobre as demonstrações financeiras da organização e se representam de maneira justa e precisa à posição financeira da organização.
  • Os auditores governamentais mantêm e examinam registros de agências governamentais e de empresas privadas ou indivíduos que realizam atividades sujeitas a regulamentos ou impostos governamentais. Os auditores públicos garantem que as receitas sejam recebidas e gastas de acordo com leis e regulamentos. Eles detectam peculato e fraude, analisam os controles contábeis das agências e avaliam o gerenciamento de riscos.
  • Os auditores forenses são especializados em crimes e são usados ​​por organizações policiais.

Qualificações do auditor

Os auditores externos que trabalham para empresas públicas precisam de certificação profissional concedida CRA (Conselho Regional de Administração) ou CRC (Conselho Regional de Contabilidade).

As qualificações para auditores internos são menos rigorosas. Os auditores internos são incentivados a obter o credenciamento do CRA ou do CRC, embora nem sempre seja obrigatório. Em vez disso, um diploma de bacharel em disciplinas como finanças e outras disciplinas de negócios, juntamente com experiência e habilidades apropriadas, geralmente são aceitáveis.

Considerações Especiais

Os auditores não são responsáveis ​​por transações que ocorram após a data de seus relatórios. Além disso, eles não são “obrigados” a detectar todos os casos de fraude ou deturpação financeira – essa responsabilidade está principalmente ligada à equipe de gerenciamento de uma organização.

As auditorias são projetadas principalmente para determinar se as demonstrações financeiras de uma empresa são “razoavelmente declaradas”. Em outras palavras, isso significa que as auditorias nem sempre cobrem terreno suficiente para identificar casos de fraude. Em resumo, uma auditoria limpa não oferece garantia de que a contabilidade de uma organização esteja completamente acima da média.

Deixe um comentário